Sebrae seleciona para Agentes Locais de Inovação

Imagem Divulgação

Sebrae Nacional e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) abrem, na próxima terça-feira (03), inscrições para a captação de bolsistas que atuarão no programa Agente Local de Inovação (ALI).  As vagas são destinadas às cidades de São Paulo, Campinas, Guarulhos e Santos. São três postos para orientadores e 120 para agentes de inovação. O processo seletivo será conduzido pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura (Fapetec). O edital foi publicado na mídia local, neste domingo (1º).

As inscrições podem ser feitas até 17 de abril exclusivamente no site da Fapetec (www.fapetec.org). A taxa é de R$ 50 para os orientadores e R$ 30, para os agentes.

Os agentes locais de inovação são profissionais formados no máximo há três anos, contratados pelo CNPq e capacitados pelo Sebrae Nacional.  O objetivo é promover a inovação tecnológica em micro e pequenas empresas (MPE) no período de 24 meses.  Os primeiros dois meses são destinados à capacitação, com bolsa-auxílio no valor de R$ 1,1 mil. Superado o período inicial, o selecionado passa a receber a bolsa ALI, com valor de R$ 2,4 mil pelo prazo máximo de 24 meses sem possibilidades de renovação.

Cada orientador orientará os artigos científicos de até 30 agentes de inovação, e redigirá, no mínimo, dois artigos de opinião. Deverá ainda elaborar um plano de atividades a ser desenvolvido pelos agentes. Os selecionados para o cargo receberão R$ 4 mil por mês, durante 24 meses. Devem ter concluído o curso superior, no mínimo, há seis anos, em qualquer área de formação.

Os candidatos a orientadores passarão por duas etapas de seleção. A primeira consiste da análise curricular e documental. Na segunda etapa, serão entrevistados. Os agentes de inovação serão avaliados em três fases: análise curricular, avaliação de conhecimento e análise documental. Todas as fases têm caráter eliminatório e classificatório.

Via: Guarulhos Online

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Pin It on Pinterest