Os 9 melhores hábitos dos administradores, segundo o Google

google-logo-high-res

De acordo com Laszlo Bock, chefe do RH do Google, a empresa só chegou aonde está graças aos hábitos praticados pelos seus gestores.

A Google não é uma das 3 principais companhias do mundo à toa. A empresa é dona do Android, sistema operacionalm móvel com mais usuários do mundo, além de outros produtos e serviços como o Youtube, Google Plus, Gmail e claro, o buscador Google, sua principal ferramenta.

Portanto, podemos com toda certeza aprender algumas lições com essa gigante. Laszlo Bock, chefe de Recursos Humanos da Google, revelou que a empresa adotou uma forma de melhorar a atividade dos gestores de pessoas através de uma pesquisa semestral. Desse modo, os colaboradores respondem semestralmente um questionário apontando as qualidades e os defeitos de seus líderes.

Ao final das avaliações, cada gestor recebe as informações correspondentes ao seu trabalho. Vale salientar que os resultados finais são apresentados aos seus subordinados e, desse modo, são discutidas em grupo as soluções para os problemas apresentados.

De acordo com Laszlo Bock, a empresa só chegou aonde está graças aos nove bons hábitos praticados pelos seus gestores, são eles:

1. Dar feedbacks que ajudam os colaboradores a melhorar seu desempenho

2. Não se intrometer em situações que podem ser resolvidas pelos funcionários independentemente

3. Demonstrar sua consideração pelos empregados como indivíduos

4. Manter a equipe focada em resultados e em prazos prioritários

5. Compartilhar com suas equipes informações vindas de cima, de seus gerentes e líderes sênior

6. Promover discussões significativas sobre o desenvolvimento de carreira de cada colaborador a cada seis meses

7. Comunicar metas claramente para suas equipes

8. Ter conhecimento técnico para gerir suas equipes de forma eficaz

9. Os integrantes dos seus times recomendariam seus gestores para outros colegas

 

Fonte: administradores

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest