Novo Acordo Ortográfico vem aí e exceções complicam regras

size_810_16_9_menino_estudandoEstamos a alguns dias da vigência do Novo Acordo Ortográfico. A partir de 1º de janeiro de 2016, só valerão as novas regras ortográficas. No entanto, ainda se observam algumas palavras que não seguem o princípio das alterações previstas no Decreto 6583/08.

O hífen nos compostos com conectivos, por exemplo, só deveria existir em termos que façam referência à Botânica ou à Zoologia. Não é o que acontece com o termo “água-de-colônia” (perfume).

POR FALAR EM ÁGUA-DE-COLÔNIA
Há duas famosas versões que explicam a origem desse substantivo composto. Durante a Guerra dos Sete Anos (1756-63), quando soldados franceses ocuparam a cidade de Colônia, então na Prússia (hoje Alemanha), lá descobriram uma loção muito cheirosa. Ao enviarem algumas amostras para a França, teriam batizado a novidade de “água-de-colônia”. Já a outra versão diz que o banqueiro Ferdinand Muhlens, morador de Colônia, ofereceu refúgio a um monge. Este, como agradecimento, presenteou-lhe com a fórmula para fazer uma aqua mirabilis (água milagrosa), que era exatamente o perfume. Muhlens gostou tanto do resultado que resolveu produzi-la. Esse tipo de perfume ganhou o nome de “água-de-colônia”

Pelo fato de o termo não ter relação botânica ou zoológica, por que a permanência do hífen? O famoso Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa clama por uma atualização, conforme opinião de muitos estudiosos e críticos.

Se o caso fosse isolado com “água-de-colônia”, mas não: “pé-de-meia”, “cor-de-rosa”, “mais-que-perfeito” permanecem – de maneira ilógica – com o bendito sinalzinho.

É lamentável admitir que os casos de hifenização (como diria a querida professora Dad Squarisi) são verdadeira infernização para o escritor.
Por Diogo Arrais
Professor de Língua Portuguesa – Damásio Educacional

Fonte: Exame

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest