Jovens ainda têm dificuldade para entrar no mercado de trabalho

Google Imagens

A população jovem do Brasil, que compreende os habitantes entre 15 a 29 anos, soma hoje 51 milhões de pessoas. Este é o maior percentual desta faixa etária em toda a história do país, segundo o Instituto de Economia Aplicada, o IPEA. De acordo com uma pesquisa realizada pelo mesmo Instituto, os jovens têm encontrado dificuldades na procura de emprego, sendo que os principais motivos são baixos salários oferecidos e a pouca qualificação que estas oportunidades de emprego agregam ao currículo.

O estudo revela que o desemprego também atinge os jovens, sobretudo as mulheres entre 18 e 24 anos, no qual o índice é de 31,7%. Enquanto que para os jovens do sexo masculino, a porcentagem é de 13,7%. O mercado de trabalho para esta faixa etária é caracterizado pela alta rotatividade, pois os jovens procuram, em sua maioria, posições no mercado que lhe tragam experiência profissional e formas inovadoras de conseguir renda.

Neste cenário, o trabalho temporário aparece como oportunidade, principalmente para o jovem que busca o primeiro emprego. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e Trabalho Temporário (Asserttem), 25% de um total de 15 mil empregados temporários no estado de São Paulo em 2010 eram jovens em busca do primeiro salário.

“Fator determinante para quem está à procura do primeiro emprego e não tem experiência na área desejada é o talento. Só ele vai diferenciar um candidato do outro e este vai se agregar ao diploma e as qualificações profissionais do candidato”, exemplifica Sylvio José Ferreira Lyra, docente do curso de Economia do Complexo Educacional FMU.

Segundo Lyra, a busca pela inserção no mercado de trabalho, as realizações profissionais e altos salários saltam aos olhos, mas a autoafirmação também é importante para quem está começando a carreira. “O importante na hora da entrevista é o jovem demonstrar que está apto para a posição desejada, mostrar seu talento ao entrevistador, além de apresentar diplomas de curso de idiomas, se os tiver. A experiência é um fator que se adquire com o tempo e iniciantes ainda não a tem”, completa o professor.

 

Fonte: RH Central

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

2 comentários em “Jovens ainda têm dificuldade para entrar no mercado de trabalho

  • 4 de maio de 2011 em 15:32
    Permalink

    esse matéria vem mosta clariamete aspecto de que estamos vivedo.eu gostaria tambem de te o meu primeiro emprego mais esta muito dificil.

    Resposta
  • 10 de maio de 2012 em 23:27
    Permalink

    O mercado de trabalho de hj em dia, não quer somente pessoas formadas na area, eles querem que apessoa tenha algum tipo de experiencia , então muitos jovens escolhem o seu primeiro emprego cedo.O mercado de trabalho exige um certo esforço das pessoas que querem o emprego de seus sonhos , por isso é sempre bom começar cedo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest