Facebook Brasil busca estagiários (veja perfil procurado)

principal

Uma das empresas mais cobiçadas acaba de abrir suas portas para os jovens. O Facebook Brasil está com inscrições abertas para a terceira edição do programa de estágio e deve selecionar entre 10 e 15 jovens para trabalhar em seu escritório de São Paulo (SP).

“Queremos ter esta flexibilidade de oportunidades para podermos trabalhar de acordo com o que encontrarmos no mercado”, diz Carolina Verdelho, gerente de recrutamento do Facebook para América Latina, que conversou com Exame.com.

O processo seletivo, feita em parceria com a Cia. de Talentos, recebe candidaturas até o dia 26 de setembro. Podem participar estudantes dos cursos de administração, ciências econômicas, publicidade e propaganda, engenharias e marketing de qualquer instituição de ensino superior.

“O Facebook valoriza a diversidade e por isso não filtramos candidatos por universidade. São todos bem-vindos. Estamos em busca de pessoas e não de instituições de ensino”, afirma Carolina.

Mas, ela faz um alerta: o Facebook não é um lugar fácil de trabalhar. “A cada seis meses, a barra está mais alta e a pessoa precisa se superar”, diz.

Como será o processo seletivo?

Serão pelo menos três etapas de seleção. Na primeira fase, os candidatos farão testes online e Carolina faz questão de explicar por que os testes são parte fundamental da seleção. “Quando eu me candidatava em processos de estágio e trainee sempre senti frustração por não entender os motivos daquelas provas que eram aplicadas”, conta.

Inglês, um dos temas dos testes, é uma ferramenta de trabalho desde o primeiro dia de um estagiário no Facebook. Conhecimentos de raciocínio-lógico, outro assunto das provas online, é essencial em todas áreas da empresa, segundo ela. “O Facebook vive de métricas e por isso a questão analítica é muito importante independentemente da área em que o estagiário vai trabalhar”, diz ela.

O alinhamento cultural também é medido durante a fase de provas online. O chamado teste de “fit” (encaixe, na tradução livre) é feito com base nos valores da empresa e vai selecionar os candidatos que mais se adaptam à cultura.São cinco os valores principais na empresa de Mark Zuckerberg: seja ousado, foque no impacto, movimente-se rapidamente, seja aberto, construa valor social.

“Para mim, esse é o teste mais importante já que nossos valores não são só “de parede”. Usamos em tudo que fazemos, da tomada de decisão ao desenvolvimento e contratação de pessoas”, diz a gerente de recrutamento do Facebook.

De estagiário a VP, a adaptação ao jeito de se trabalhar na empresa é crucial para se dar bem por lá. Por isso, mais do que salário, benefícios ou mimos – como geladeira aberta ou sala de descompressão no escritório – Carolina diz que é a cultura da empresa o principal atrativo para as pessoas.

“Depois de quatro anos trabalhando aqui, tenho uma visão mais cética em relação a isso e vejo que os valores são mais importantes do que qualquer benefício”, diz. A sala de videogame, por exemplo, não é nem tida como um benefício, segundo ela. “Se o Facebook espera que seus funcionários sejam criativos e inovadores, precisa dar condições para isso. Por isso, o local de descompressão nada mais é do que uma ferramenta de trabalho”, diz.

Os jovens que tiverem os melhores resultados nos testes serão convidados para a segunda etapa do processo seletivo em que ocorrem as entrevistas em grupo no escritório de São Paulo. “Queremos levar um número grande de pessoas para a etapa presencial porque gostamos de ver o que os números não mostram”, diz.

Os finalistas seguem para a fase de entrevistas individuais já com executivos da área para que se candidataram ao estágio. Carolina diz que espera divulgar quem são os aprovados para a última etapa até o começo de novembro. O estágio começa no ano que vem.

As áreas do Facebook que mais querem estagiários:

O maior número de oportunidades para os jovens estagiários dentro do Facebook é no setor de pequenos negócios (small business). “É a área que mais aposta no estágio, são nove vagas, o que proporcionalmente é muito para gente ”, diz. No Brasil, a multinacional emprega 250 pessoas.

Outra área que vai recrutar estagiários é de solutions engineer. “É um setor que demanda um perfil difícil de encontrar que é o de engenheiro com formação em desenvolvimento e codificação e com interface com clientes”, diz Carolina. Para essa área se destacam profissionais excelentes tecnicamente e com boa comunicação. “Acreditamos que é melhor trazer como estagiário, desenvolver e formar aqui”, diz.

Todos os contratados têm chances reais de efetivação já que é filosofia da empresa (globalmente) só abrir vagas de estágio se houver a oportunidade de absorver os jovens profissionais após o término do programa. “ É claro que depende das oportunidades de negócio, mas depende mais é do desempenho do estagiário”, diz Carolina.

Inscrições: até 26 de setembro pelo site Nex Job.

 

Fonte: Exame.

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest