Dicas para encarar uma prova de português da Vunesp

size_810_16_9_mulher-escrevendo-com-caneta

Saiu, no último dia 23, o edital do Ministério Público de São Paulo, para provimento de cargos de oficial de Promotoria. A prova objetiva, que será aplicada no dia 31 de janeiro de 2016, terá 35 questões de Língua Portuguesa. É uma excelente oportunidade para concurseiros avaliarem seu desempenho na “competição”.

O edital da Vunesp, para Língua Portuguesa, é simples, objetivo: análise textual, classes de palavras, concordância, regência, crase.

A PREPARAÇÃO

São praticamente nove semanas até a prova. Elabore planilhas de estudo, com espaço para aulas, simulados cronometrados (para que você tenha noção do tempo gasto em cada prova), resolução de questões Vunesp, exercício físico, boa nutrição e descanso a ser respeitado.

Se você não for muito disciplinado, além de aulas on-line, assista a aulas presenciais.

RAIO-X DAS QUESTÕES

Apesar de o examinador optar por um texto longo, leia antes o enunciado de cada questão textual – haverá uma pergunta simples sobre tipologia textual ou sobre apenas o primeiro parágrafo.

Confie nas informações textuais, destaque as palavras-chave do texto (as que mais se repetem) e tenha muito cuidado com as malditas questões que focam a opção incorreta.

Haverá uma ou duas questões com charge: treine esse tipo de leitura.

As questões gramaticais cobrarão o seguinte: pronomes oblíquos átonos, pronomes relativos, colocação pronominal (próclise, mesóclise, ênclise) conjugação de verbos mais polêmicos, relação entre voz passiva e concordância, verbos haver e existir, impessoalidade, valor dos principais conectivos, principais casos de concordância, principais casos de regência e consideráveis questões sobre crase.

PONTUAÇÃO NECESSÁRIA

É muito comum percebermos questões fáceis em provas Vunesp. No entanto, isso exigirá atenção redobrada; erros mínimos podem ser “fatais”.

Acredito em ponto de corte alto, mas com questões “democráticas”, ou seja, qualquer concurseiro esforçado pode alcançar o objetivo.

 

Fonte: Exame

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest