Como deixar os entrevistadores impressionados com a sua inteligência

Entrevistadores

Inúmeras perguntas dominam a mente de profissionais durante processos de transição de carreira, outplacement. Todas as perguntas são importantes e devem merecer a atenção de profissionais que competem por uma posição no mercado de trabalho. Entretanto, mais importante do que ter respostas afiadas às indagações de entrevistadores é ter um arsenal de perguntas inteligentes e oportunas.

Confira algumas recomendações que poderão ajudar na construção de uma imagem positiva e que deixe os entrevistadores impressionados com a sua inteligência e desenvoltura:

1. Antes de sair de casa para uma entrevista, faça a lição de casa. Formule perguntas inteligentes e que o ajudem a se projetar e se diferenciar de outros candidatos.

2. Todas as suas perguntas devem ser escritas em seu bloco de anotações ou IPad. Existem inúmeras razões que justificam tal comportamento: você demonstra ser um profissional que se preparou devidamente para a entrevista – “você fez o seu home work”; ajudar-lhe-á a articular seus pensamentos, idéias e argumentos; enriquecerá tremendamente seu desempenho durante a entrevista, além de exibir clareza, objetividade e domínio sobre suas indagações.

3. Evite perguntas que deixem os entrevistadores de saia justa. Seja educado e lembre-se que nem tudo o que se deseja perguntar deve ser perguntado. Cuidado com a sua língua, pois poderá vir à morde-la.

4. Não faça perguntas irrelevantes e que não agregam nenhum valor ao processo de entrevistas. Lembro-me que no passado assessorei importante executivo do mercado da tecnologia da informação. Naquela ocasião, ele foi convidado para uma entrevista com importante banqueiro nacional. No final da entrevista, quando o banqueiro perguntou se ele tinha alguma pergunta a fazer, ele disse: “eu gostaria de saber um pouco sobre a sua vida pessoal.” Ao que o banqueiro respondeu: “Sobre a minha vida pessoal eu não falo, principalmente para uma pessoa que converso pela primeira vez. Se o senhor quiser saber algo sobre a minha pessoa, procure no mercado.”

5. Evite fazer qualquer tipo de pressão sobre o entrevistador ou a respeito da empresa. É muito comum candidatos em processos seletivos se valerem desse expediente deselegante e conhecido pelas organizações. Não raro, encontramos profissionais que abordam os entrevistadores e afirmam ter recebido oferta formal de emprego de uma empresa quando na verdade é puro blefe.

 

Fonte: RH Central

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest