Como atenuar os conflitos entre as equipes

Como atenuar os conflitos entre as equipes

Veja como amenizar os conflitos entre as equipes:

1. Tenha transparência nas ações – As decisões tomadas são de conhecimento “público”, assim, descontentamentos serão evitados, todos saberão o que aconteceu, uma espécie de ação e suas conseqüências.

2. Meritocracia – Quem faz mais, ganha mais, e quem faz menos ganha menos, todos têm as recorrências positivas ou negativas de suas ações e todos devem conhecer essa equação.

3. Educação –  Troca de opiniões, divergência e conflitos são normais em ambientes onde existam pessoas, mas educação é fundamental, deve existir sempre.

4. Ouvir as pessoas – Ouvir a opinião das pessoas envolvidas no conflito (de preferência todas juntas), olhando no olho e dando importância ao que estão narrando é fundamental para que as opiniões e os acontecimentos do dia a dia sejam conhecidos por você e consequentemente você possa agir.

5. Respeito – Respeitar as opiniões, mesmo que sejam diferentes das suas.

6. Críticas sempre construtivas – Dicas e críticas devem ser expostas, mas sempre de maneira construtiva, valorizando os pontos positivos, e apontando o que pode ser melhorado ou feito de outra forma, assim as pessoas se sentem valorizadas e realmente refletem sobre o que podem melhorar.

7. Todos devem ganhar – Exija, solicite, cobre, mas valorize sempre, recompense, pois um ambiente só é bom quando todos ganham.

8. Exemplos – Transforme o discurso em prática, aja conforme fala. Seus liderados aprendem mais vendo e analisando suas atitudes do que o que você fala.

9. Reflita antes de agir – Sempre que precisar fazer qualquer interferência, qualquer ação, pense, veja as consequências, planeje, só depois faça.

10. Não deixe de resolver problemas – Pode ser mais trabalhoso, mas não deixe de resolver nenhum problema imediatamente, momentaneamente deixar o problema no cantinho, quieto, pode parecer mais tranquilo, mas com certeza se transformará em algo maior e mais difícil de resolver no futuro. Às vezes, por um descuido ou por falta de ação, o conflito que era pequeno, fica intransponível e só é resolvido com ações radicais, o que na maioria das vezes não é bom para ninguém.

11. Encerrar o assunto – Tenha certeza que o assunto foi completamente resolvido, não deixe arestas.


Fonte:
RH Central

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest