Alta da Selic não puxará juros dos bancos imediatamente

João Ramid/Veja
Sede do Banco Central em Brasília: segundo Febraban, influência da Selic nas taxas cobradas pelos bancos é menor do que a taxa de mercado futuro

Na quarta (28), Copom determinou uma alta de 0,75 ponto percentual para a taxa Selic. Para Febrapan, a princípio, aumento não influenciará juros bancários

Brasília – O aumento da taxa Selic não deverá ter reflexos significativos e imediatos no valor dos juros cobrados pelos bancos. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (29) pelo diretor de Assuntos Econômicos da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Rubens Sardenberg. Ontem, o Banco Central aumentou de 8,75% para 9,5% a taxa básica de juros.

Segundo ele, a influência da Selic nas taxas cobradas pelos bancos é menor do que a taxa de mercado futuro, que é mais usada em empréstimos de longo prazo.

“A princípio, o aumento [da Selic] apenas diminui a tendência de redução dos juros cobrados pelos bancos e causa um impacto pequeno no nível da taxa de juros cobrada do cidadão comum. Isso porque um bom pedaço dos efeitos já está incorporado nos custos das instituições bancárias”, disse Sardenberg à Agência Brasil.

“Desde a metade do ano passado, há uma trajetória de recuo e, atualmente, estamos em um patamar [de custo do crédito] abaixo do registrado no período anterior à crise. O que mais pode influenciar as taxas cobradas pelos bancos são as taxas de mercado futuro e os acenos do BC no sentido de gerar expectativas de novos aumentos [da Selic] para compensar tendências inflacionárias”, argumenta o economista.

O spread (diferença entre o que os bancos pagam para captar recursos e cobram nos empréstimos), afirma Sardenberg, só aumentará se houver sinais claros de que a economia continua crescendo forte e, associado a isso, sinais de pressão inflacionária.

Fonte: Portal Exame

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest