8 Dicas para aproveitar melhor o dia de trabalho

Imagem Divulgação

Valorizar suas tarefas diárias é um passo para que seus objetivos de carreira de médio e longo prazo sejam alcançados. “Se o profissional se vangloriar demais de suas conquistas, das metas atingidas e dos reconhecimentos, ele tenderá a repetir os comportamentos do passado e estará mais distante de mudanças e novos aprendizados”, afirma Caio Brisolla, diretor-executivo da Marcondes Consultoria.
Marcelo Marques, CEO da Kanui, trabalhou durante sete anos no mundo corporativo antes de entrar em uma startup e recomenda que todo profissional deve se perguntar as razões antes de realizar uma tarefa.

“E tentar enxergar a visão do todo, não é porque o serviço é simples que você não o fará bem feito”, afirma.

Ele diz que quando você faz bem e as pessoas passam a acreditar em você e elas passam a ensinar coisas novas a você, pois foi demonstrado interesse.Confira as recomendações para que um dia no trabalho seja bem aproveitado:

1. Faça uma lista – Observe sua rotina de trabalho e anote tudo que você gostaria de fazer. Dessa maneira, a organização auxiliará para que cumpra suas tarefas obrigatórias e busque aprender outras novas.

2. Informe-se – “Procure ter clareza sobre o que é esperado do seu trabalho, não deixe passar batido nenhuma dúvida, pois isto pode prejudicar o seu desempenho”, diz Brisolla. Se a vergonha bate em algum momento, não hesite: demonstre que você não entendeu e peça orientação a colegas ou ao superior.

3. Verifique suas condições de trabalho – Detalhes como ferramentas, funcionamento do computador, verba ou até mesmo o auxílio de uma equipe precisam ser checados antes do começo de um dia de trabalho. Reparou que a internet não está funcionando e é indispensável para a realização de suas tarefas? Busque soluções e comece a trabalhar.

4. Atente aos feedbacks – Para a coach executiva Jaqueline Weigel, às vezes, falta clareza nos papeis no ambiente de trabalho e algumas informações são indispensáveis para que o profissional execute bem suas demandas. “Pergunte ao seu chefe, o que é muito importante no meu papel?”, ensina ela. A razão? “As pessoas podem ter uma percepção errada do que é realmente importante no trabalho”, afirma. Brisolla completa que um feedback pode dar pistas se o profissional está trabalhando bem (ou não) e nos pontos que ainda precisa desenvolver no dia a dia.

5. Não se acomode – Mesmo que seja um dia comum no trabalho, especialistas afirmam que sempre é preciso buscar mais. Se as metas foram alcançadas, procure se superar.

6. Aprenda a dizer não – Para que o seu dia renda e seja produtivo, às vezes é preciso que o profissional evite abraçar todas as tarefas que chegam até ele. Limites precisam ser impostos pela própria pessoa e procurar demandas somente para que ela se sinta atarefada é um erro.

7. Reclame menos – “As pessoas reclamam demais e fazem muito pouco”, afirma Jacqueline. A coach recomenda que reclamações sejam feitas em uma conversa entre amigos ou familiares, durante o expediente foque no que precisa ser feito.

8. Tenha controle de suas tarefas – “Muito do estresse corporativo é resultado da falta de controle das atividades que precisam ser realizadas”, diz Marques. Se a agenda de um profissional consta uma lista de demandas atrasadas, o dia dele só será bem aproveitado se ele resolvê-las. Ele afirma que qualquer objeto que auxilie na organização de tarefas é válido, desde aplicativos para tablets e celulares ao calendário do correio eletrônico.

Via: Info 

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest