5 situações que indicam que você está sabotando sua carreira

Você já parou para pensar que, às vezes, algumas atitudes nossas podem fazer com que nossa carreira fique estagnada? Há muitas coisas sobre nossos comportamentos e as percepções que eles geram que desconhecemos. Por isso, um bom trabalho de autoconhecimento e uma escuta generosa aos feedbacks nos ajudam muito a saber mais sobre possíveis maus hábitos que estejam emperrando nosso sucesso.

Uma ótima maneira de saber como anda a percepção das pessoas sobre você (postura, atitude e desempenho) e identificar o que você deve reforçar ou ajustar são os feedbacks, portanto, é fundamental que você esteja aberto a recebê-los. Inclusive, uma dica importante que dou é que se você não recebe feedback, peça! Nada de ficar sentado esperando. A responsabilidade sobre seu sucesso é sua, lembre-se sempre disso.

É importante saber que feedbacks não precisam ser dados apenas por chefes. Busque como fonte outras pessoas que sejam referência ou que sejam chave para o desenrolar de seu trabalho.

Outro forte aliado nessa desconstrução de maus hábitos é o Coaching. Se você já entendeu a importância do autoconhecimento aposte nessa ideia. Por meio de sessões de coaching, você pode desenvolver novas habilidades ou ainda conseguir abandonar maus hábitos.

Para ficar atento se você está minando sua carreira, preste atenção nas cinco situações abaixo.

1. Não assume responsabilidades

  • Alerta vermelho: “Não entreguei o relatório porque ninguém me mandou as informações”.
  • Atitude positiva: “Não entreguei o relatório, porque não consegui gerenciar bem meu tempo e as informações de que precisava para cumprir o prazo. Desculpe. Tomarei mais cuidado da próxima vez”.

2. Privilegia o individual ao invés do coletivo

  • Alerta vermelho: “Se não fosse por mim, pela minha dedicação, o projeto não teria saído”.
  • Atitude positiva: “Se não fosse pela dedicação de toda a equipe, o projeto não teria saído”.

3. Não possui inteligência emocional

  • Alerta vermelho: Diante de um questionamento mais contundente em uma reunião de trabalho: “você está querendo me prejudicar? Qual é a sua?” (reagir emocionalmente e de maneira agressiva)
  • Atitude positiva: Diante de um questionamento mais contundente em uma reunião de trabalho: “gostaria de entender melhor o ponto de desconforto nessa apresentação para poder esclarecê-lo” (responder de maneira profissional e ponderada)

4. Não acredita em si mesmo

  • Alerta vermelho: Diante da oferta de um novo desafio: “Não acho que eu seja capaz de fazer isso. Tenho medo de não entregar” (recusa sem sequer refletir sobre as possibilidades)
  • Atitude positiva: Diante da oferta de um novo desafio: “Uau. Que desafio. Aceito, sim, e se precisar de ajuda, peço a vocês. Combinado?” (percebe os ganhos, aceita a oportunidade e deixa a porta aberta caso precise de ajuda)

5. Critica o chefe

  • Alerta vermelho: “Esse gestor não sabe de nada. Não sei como chegou a esse cargo”
  • Atitude positiva: “Às vezes posso até não concordar com algumas decisões, mas entendo que há muitas outras questões envolvidas no processo. A complexidade é muito maior do que consigo alcançar nesse momento”

Se você se identificou com alguns desses alertas vermelhos está na hora de repensar suas atitudes e procurar transformar esses maus hábitos em ações positivas. Lembre-se que você é responsável pelo sucesso ou fracasso de sua carreira, portanto, cuide muito bem dela.

Sofia Esteves é fundadora e presidente do conselho do Grupo DMRH.

Fonte: Carreira Exame

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest