5 dicas para encontrar emprego pelo Twitter (sem perder tempo)

5 dicas para encontrar emprego pelo Twitter (sem perder tempo)

Apesar do crescimento do LinkedIn e Facebook, rede de microblogs ainda é uma das principais ferramentas de divulgação de oportunidades de carreira.

Já se foi o tempo em que o Twitter era a ferramenta predominante para saber, de um jeito rápido, tudo que estava acontecendo na web. Mas apesar da ofensiva do Facebook e LinkedIn, a rede de microblogs continua sendo um bom meio para não perder de vista uma boa oportunidade de carreira.

O problema é que, diante da multidão de tuítes despejados diariamente, também é quase uma arte ficar por dentro de todas as vagas que pintam por lá. Para que a chance de reviravolta da sua vida profissional não passe despercebida, veja algumas dicas básicas e aplicativos que podem facilitar a sua busca pelas melhores oportunidades.

 

1. Crie alertas

Disciplina é palavra de ordem no período de busca por um emprego. Isso significa que você terá que checar todas as listas e hashtags diariamente para não perder nenhuma oportunidade de vista.

Mas é possível economizar tempo (e energias) nesse processo. O aplicativo Twilert é uma espécie de Google Alertas para Twitter. Em outros termos, você pode receber, diariamente, todos os tuítes referentes a determinado tema direto no seu e-mail. Simples, não?

 

2. Corra atrás da fonte

Mesmo assim, o comportamento básico de qualquer usuário no Twitter não deve ser subestimado. O simples ato de seguir é uma estratégia de ouro para quem está correndo atrás de uma nova oportunidade na carreira.

Agora, a regra só é eficaz se você aprende a seguir as pessoas/companhias certas. O primeiro passo para isso é fazer uma lista das companhias da sua área de atuação mais coerentes com seu perfil e objetivos profissionais.

Feito isso, é hora de segui-las no Twitter. Algumas, como a Vale, possui uma página na rede de microblogs dedicada apenas para divulgação de oportunidades de Carreira.

Depois, a dica é seguir as pessoas mais importantes da sua área de atuação que mantém um perfil no Twitter. Conectar-se com as páginas de consultorias de recrutamento e sites especializados também é uma boa opção.

 

3. Organize em listas

Para você não se perder em meio aos zilhões de novos contatos que você já tem, a estratégia é colocar tudo em listas. Basta clicar em “Listas”, depois em “Criar uma nova lista”. Nomeie a nova lista. Pronto. Agora, é só classificar cada um dos contatos que você segue.

 

4. Reforme seu perfil e comportamento

Segundo pesquisa divulgada hoje pela consultoria Reppler, o Twitter é a segunda rede social mais usada por recrutadores nos Estados Unidos. Lá, segundo o levantamento, 53% dos headhunters usam a rede social para checar informações sobre o candidato e buscar pistas sobre o perfil profissional em questão.

Diante disso, não é preciso nem justificar que seu perfil deve estar sob medida para receber os olhares clínicos de futuros recrutadores. Erros de português, palavras de baixo calão e (muito menos) críticas ao atual emprego devem ser limados de seus posts no Twitter.

No lugar, entram comentários sobre assuntos ligados a sua carreira ou que demonstrem características positivas sobre o seu perfil profissional.

Agora, não é necessário falar apenas de trabalho em seu Twitter – ainda mais se você não tiver uma página exclusiva para o ambiente profissional. Mostrar que sua visão de mundo vai além das quatro paredes da empresa também cai bem aos olhos do headhunter.

 

5. Não faça de si uma ilha

Manter-se atento aos tuítes de alguns perfis chave e interagir, de maneira inteligente, é uma excelente estratégia para fortalecer o networking e, quem sabe, conseguir uma oportunidade.

“Se eu posto um assunto no Twitter e alguém dá um ‘reply’ de uma maneira muito inteligente, não vou pedir para ele enviar o currículo para o RH. Eu mesmo vou querer receber o currículo dele”, diz Edney Souza, vice-presidente de publishers da Boo-box.

Atenção para excessos – tanto em quantidade quanto na qualidade de comentários.

 

6. Busque hashtags sem medo

Um bom meio para checar tudo o que foi postado no Twitter é utilizar o campo de busca da ferramenta. A dica parece óbvia. Mas rende resultados – caso você incorpore isso a sua rotina. Para facilitar o processo, basta usar o recurso “salvar buscas”.

 

Fonte: Exame

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest