4 dicas para chamar a atenção do headhunter

Imagem Divulgação

É o sonho para quem está procurando por emprego: ser abordado por uma empresa para uma vaga de interesse. Mas como chamar a atenção dos recrutadores?

Buscar por uma recolocação no mercado de trabalho envolve processos seletivos, atualizações de currículo e muita paciência. “Tem gente que acha que é possível contratar um headhunter, mas esse profissional trabalha para as empresas, não para o indivíduo”, diz Eduardo Abreu, gerente da área de expertise da Hays Human Resources.

Mas como fazer para que o profissional contratado como recrutador pelas grandes empresas repare no seu currículo? “A primeira coisa é construída ao longo da carreira: ter um histórico sólido, ser bem qualificado”, fala Izabel Araújo, consultora em outplacement da De Bernt.

A consultora ainda completa: “Durante esse período do seu trabalho, o profissional tem de ter adquirido uma boa formação, boas referências profissionais e comportamentais”. Tudo isso se consegue ao longo da carreira, mas quais atitudes podem ser tomadas de imediato para chamar atenção dos recrutadores?

1. Usar as redes sociais

A dica dos especialistas é: não tenha medo de usar as mídias sociais, especialmente o Linkedin. Mas, se for usar essa ferramenta, que ela esteja organizada e atualizada. “Um perfil com boas recomendações e que saiba usar bem palavras-chaves pode facilitar o trabalho do headhunter”, diz Izabel.

Já Abreu enfatiza a possibilidade que a rede social oferece de fazer networking: “O headhunter tem suas fontes e sempre procura indicação e referências positivas”, diz.

2. Manter um bom relacionamento com o mercado

“Você tem de prezar pela autenticidade das informações a seu respeito e pelo seu nome no mercado, ter boas relações com as pessoas do seu meio”, aconselha Abreu. Izabel concorda e acrescenta que uma dica importante é de frequentar eventos com profissionais da sua área: “É bom para se atualizar, ser visto, aumentar sua rede de contatos e usar como vitrine pessoal”.

3. Retorno às raízes

Ainda que faça muito tempo que você se formou, sua universidade pode ser uma área de relacionamento – tanto entre ex-alunos de graduação quanto de pós. Abreu conta que não é raro os headhunters buscarem direto nas instituições educacionais: “Às vezes, a própria faculdade distribui um booking com os formados do ano”.

4. Sites de currículos

Os chamados bancos de talentos (ou sites onde as pessoas cadastram seus currículos) também podem funcionar como vitrine para os headhunters. Seu currículo precisa estar atualizado e otimizado para busca; o que basicamente significa que você tem de entender o mercado em que busca se inserir e usar as palavras chaves buscadas pelos recrutadores.

Via: Exame

Clube do RH

O Clube do RH surgiu das necessidades e desejos de um grupo de profissionais de Recursos Humanos que sentiam a necessidade de falar de gente, entender gente e desenvolver gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest